Fiscalização - Dicas dos Fiscais


18/05/2016 - 15h27

Encerramento do prazo para reconhecimento de farmacêutico em floralterapia mediante comprovação de experiência

A Resolução CFF n° 611, publicada no Diário Oficial da União, em 09 de junho de 2015, reconhece a floralterapia como uma área de atuação do farmacêutico e dispõe sobre as atribuições clínicas desse profissional na referida área. A prescrição de essências florais é uma das atribuições do farmacêutico definidas na Resolução, que também estabelece os requisitos para a atuação em terapia floral. 

        Impresso


Encerramento do prazo para reconhecimento de farmacêutico em floralterapia mediante comprovação de experiência

Poderá atuar clinicamente em floralterapia o farmacêutico que comprovar ser egresso de programa de pós-graduação Lato Sensu ou Stricto Sensu, relacionado a esta área e reconhecido pelo Ministério da Educação (MEC), ou que comprovar ser egresso de cursos livres nesta área, totalizando 180 horas de carga horária. 

Além das duas alternativas descritas, também é possível requerer o reconhecimento como farmacêutico em floralterapia, mediante a comprovação do exercício da mesma há pelo menos 2 anos, desde que, dentro do prazo de 360 dias a partir da data da publicação da referida Resolução. O prazo se encerra no dia 29 de maio de 2016.

Os documentos necessários para efetuar o requerimento estão descritos na Resolução n° 611, que está disponível em: http://transparencia.cff.org.br/wp-content/uploads/2015/06/611.pdf, e também em nosso site, na aba Serviços, em Capacitações. 

Fonte: Resolução CFF n° 611/15.

Dúvidas e sugestões? Acesse nossos canais orienta@crfrs.org.br ou 51-30277520.

Atenciosamente,

Equipe da Orientação Técnica

 






Encontrou algum erro ou conteúdo desatualizado em nosso site? - Clique AQUI e reporte para nossa área de qualidade.