Notícias - Orientação Técnica - 31/08/2018 - 14h22

Campanha de vacinação contra a Poliomielite e o Sarampo foi prorrogada

A vacinação é uma das medidas mais importantes para prevenção contra as doenças infecciosas em adultos e crianças. Confira o material elaborado pela Orientação Técnica do CRF-RS.



Campanha de vacinação contra a Poliomielite e o Sarampo foi prorrogada

As crianças entre 1 ano e menores de 5 anos devem ser vacinadas contra a poliomielite e o sarampo. A campanha de vacinação do Ministério da Saúde foi prorrogada até o dia 15/09. É melhor prevenir do que remediar!

POLIOMIELITE

O que é?

A Poliomielite, também chamada de pólio ou paralisia infantil, é uma doença contagiosa aguda causada pelo poliovírus, e pode provocar ou não paralisia permanente e, em casos mais graves, óbito (1,0-1,6%). Nos casos graves, em que acontecem as paralisias musculares, os membros inferiores são os mais atingidos.

Quais são os principais sintomas?

A maior parte dos casos (90-95%) apresenta o tipo não-paralítico da doença, em que a pessoa geralmente não manifesta sintomas; quando surgem, são brandos e com duração de 1 a 10 dias, facilmente confundidos com uma gripe: febre, dor na garganta e na cabeça, vômitos, mal-estar, dor nas costas ou rigidez muscular (principalmente nos membros inferiores), meningite.

Em casos mais graves, a infecção leva à poliomielite paralítica: alguns sinais semelhantes da poliomielite não-paralítica, como febre, dor de cabeça e vômito; evolução para fortes dores musculares e flacidez nos membros, muitas vezes pior em um dos lados do corpo e em maior incidência nos membros inferiores.

Como a doença é transmitida?

Pode infectar crianças e adultos por meio do contato direto com fezes ou com secreções eliminadas pela boca das pessoas infectadas, seja pela fala, tosse ou espirro. O período de incubação é, geralmente, de 7 a 12 dias, podendo variar de 2 a 30 dias.

As más condições habitacionais, a higiene pessoal precária e o elevado número de crianças numa mesma habitação constituem fatores que favorecem a transmissão do poliovírus.

 

SARAMPO

O que é?

O sarampo é uma doença infecciosa aguda, de natureza viral, grave, extremamente contagiosa. Pode ser contraída por pessoas de qualquer idade. As complicações infecciosas contribuem para a gravidade da doença, particularmente em crianças desnutridas e menores de um ano de idade. Em algumas partes do mundo, a doença é uma das principais causas de morbimortalidade entre crianças menores de 5 anos de idade.

Quais são os principais sintomas?

•Febre alta, acima de 38,5°C;

•Dor de cabeça;

•Manchas vermelhas, que surgem primeiro no rosto e atrás das orelhas, e, em seguida, se espalham pelo corpo;

•Tosse;

•Coriza;

•Conjuntivite;

•Manchas brancas que aparecem na mucosa bucal, conhecida como sinais de Koplik, que antecede de um a 1 a 2 dias antes do aparecimento das manchas vermelhas.

Como a doença é transmitida?

O sarampo é altamente contagioso, pois sua transmissão ocorre de forma direta, por meio de secreções expelidas ao tossir, espirrar, falar ou respirar. A transmissão ocorre de quatro a seis dias antes e até quatro dias após o aparecimento de erupções cutâneas vermelhas agudas (exantema). O período de maior transmissibilidade ocorre dois dias antes e dois dias após o início do exantema. 

O sarampo afeta ambos os sexos igualmente. A incidência, a evolução clínica e a letalidade são influenciadas pelas condições socioeconômicas, nutricionais, imunitárias e aquelas que favorecem a aglomeração em lugares públicos e em pequenas residências.

Lembramos: o vírus vacinal não é transmissível

O farmacêutico possui papel fundamental na identificação de casos suspeitos de doenças, bem como na execução de ações de controle e de cuidado do paciente. Procure o farmacêutico.

Dúvidas e sugestões? Acesse nossos canais orienta@crfrs.org.br ou 51-30277520.

Equipe da Orientação Técnica