Notícias - Institucional


08/05/2019 - 15h10

OT Informa: Entenda o que o farmacêutico pode fazer no consultório farmacêutico

Confira o material produzido pela equipe de Orientação Técnica. 

        Impresso


OT Informa: Entenda o que o farmacêutico pode fazer no consultório farmacêutico

Consultório farmacêutico é o lugar de trabalho do farmacêutico para atendimento de pacientes, familiares e cuidadores, onde se realiza com privacidade a consulta farmacêutica. Pode funcionar de modo autônomo ou como dependência de hospitais, ambulatórios, unidades multiprofissionais de atenção à saúde, instituições de longa permanência e demais serviços de saúde, no âmbito público e privado.

E o que farmacêutico pode fazer nesse consultório?

- Analisar a prescrição de medicamentos quanto aos aspectos legais e técnicos; 

- Realizar intervenções farmacêuticas e emitir parecer farmacêutico;

- Fazer a anamnese farmacêutica, bem como verificar sinais e sintomas;

- Acessar e conhecer as informações constantes no prontuário do paciente; 

- Solicitar exames laboratoriais, no âmbito de sua competência profissional, com a finalidade de monitorar os resultados da farmacoterapia; 

- Avaliar resultados de exames clínico-laboratoriais do paciente, como instrumento para individualização da farmacoterapia; 

- Monitorar níveis terapêuticos de medicamentos, por meio de dados de farmacocinética clínica; 

- Determinar parâmetros bioquímicos e fisiológicos do paciente, para fins de acompanhamento da farmacoterapia e rastreamento em saúde; 

- Prevenir, identificar, avaliar e intervir nos incidentes relacionados aos medicamentos e a outros problemas relacionados à farmacoterapia; 

- Identificar, avaliar e intervir nas interações medicamentosas indesejadas e clinicamente significantes; 

- Elaborar o plano de cuidado farmacêutico do paciente; 

- Realizar e registrar as intervenções farmacêuticas junto ao paciente, família, cuidadores e sociedade; 

- Avaliar, periodicamente, os resultados das intervenções farmacêuticas realizadas, construindo indicadores de qualidade dos serviços clínicos prestados; 

- Realizar, no âmbito de sua competência profissional, administração de medicamentos ao paciente; 

- Orientar e auxiliar pacientes, cuidadores e equipe de saúde quanto à administração de formas farmacêuticas, fazendo o registro destas ações, quando couber;

- Fazer a evolução farmacêutica e registrar no prontuário do paciente;

- Dar suporte ao paciente, aos cuidadores, à família e à comunidade com vistas ao processo de autocuidado, incluindo o manejo de problemas de saúde autolimitados; 

- Prescrever, conforme legislação específica, no âmbito de sua competência profissional; 

- Avaliar e acompanhar a adesão dos pacientes ao tratamento, e realizar ações para a sua promoção; 

- Realizar ações de rastreamento em saúde, baseadas em evidências técnico-científicas e em consonância com as políticas de saúde vigentes.

Palavras-chave: Consultório farmacêutico, prescrição

Fonte: Resolução CFF 585/2013

Quais assuntos você gostaria de ler aqui no OT Informa? Envie sua sugestão através dos canais de atendimento da OT. 

Avalie o atendimento da Orientação Técnica do CRF/RS  AQUI.

E-mail orienta@crfrs.org.br ou WhatsApp (51) 99286-5440 ou (51) 3027-7500






Encontrou algum erro ou conteúdo desatualizado em nosso site? - Clique AQUI e reporte para nossa área de qualidade.