Notícias - Eventos


09/05/2019 - 18h22

Workshop debate implantação da assistência farmacêutica e traz anúncio importante para a área no Estado

Com reflexões sobre os desafios da política multiprofissional, processos de aquisição pública de medicamentos, discussão de metodologias e relatos de experiências, 6º Workshop da Saúde Pública também anunciou a criação do Departamento de Assistência Farmacêutica do RS.

        Impresso


Workshop debate implantação da assistência farmacêutica e traz anúncio importante para a área no Estado

Lotando o auditório do prédio II do Foro Central de Porto Alegre, o 6º Workshop da Saúde Pública foi realizado em conjunto por CRF/RS e Famurs nesta quarta e quinta-feira, 08 e 09. A mesa de abertura foi composta pela vice-presidente do CRF/RS, Letícia Raupp; secretária de Saúde do Estado, Arita Bergman; procuradora da República Suzete Bragagnolo; deputada estadual Fran Somensi; juíza-corregedora Rosana Garbin, coordenadora em exercício do Comitê Executivo Estadual do RS do Fórum Nacional do Judiciário para a Saúde do CNJ; pelo representante da Famurs, Paulo Azeredo; presidente do COSEMS/RS, Diego Espíndola e o conselheiro federal de Farmácia do RS, Josué Schostack.

Em seu discurso, Letícia Raupp ressaltou que uma das atribuições do CRF/RS, por meio de ações de fiscalização, orientação e educação, é ampliar continuamente a assistência farmacêutica no Rio Grande do Sul, seja ela no âmbito público ou privado. A vice-presidente do Conselho Regional de Farmácia salientou que a autarquia atua fortemente para estabelecer e ampliar as relações institucionais com os sistemas de saúde e de justiça, pois o objetivo comum é atender plenamente os direitos e demandas dos pacientes. “Defendemos a inserção contínua do farmacêutico nos estabelecimentos de saúde e entendemos que o poder público e o privado devam garantir a contratação de tantos farmacêuticos quanto forem necessários para a gestão e a assistência farmacêutica”, disse. 

A secretária estadual de Saúde, Arita Bergman, parabenizou o Conselho pela organização do Workshop e comentou a reestruturação planejada para a secretaria, que inclui a criação do Departamento de Assistência Farmacêutica. “Nós queríamos cumprimentar o CRF/RS pela iniciativa de fazer um evento com o foco na gestão pública da saúde, porque é fundamental que os municípios tenham orientações, troca de experiências, informações para qualificar a gestão, especialmente na área da assistência farmacêutica. Nós anunciamos que o governo do Estado, dentro dos seus projetos estratégicos, elegeu a Política Estadual de Assistência Farmacêutica como um dos nortes no seu mapa estratégico, ao mesmo tempo para que se viabilize e execute uma política de resultados com entregas concretas ao cidadão. Na reorganização da SE,S estamos criando o Departamento de Assistência Farmacêutica, além disso, realizando de forma transversal um projeto com a Secretaria da Fazenda, visando a uma melhor compra, distribuição e dispensação de medicamentos de responsabilidade do Estado, como aqueles de processos administrativos e judiciais, fazendo com que se tenha menor custo, mais agilidade e entregas para o cidadão, com acompanhamento dos municípios através da gestão da Assistência Farmacêutica”, relatou. 

Participando do painel “Desafios da implementação da assistência farmacêutica como política multiprofissional e multidisciplinar voltada ao cuidado farmacêutico” ao lado de Raíssa Barbieri (coordenadora da Atenção Básica da SES); Cleonice Gama (especialista em saúde SES) e do professor da UCS Rodrigo Pinto, Roberto Schneiders, coordenador da Assistência Farmacêutica do Estado, destacou que o Workshop é um momento estratégico onde se consegue reunir profissionais da saúde, gestores, judiciário e legislativo em torno de uma pauta comum, que é o uso racional de medicamentos. 

Sobre a criação do Departamento de Assistência Farmacêutica, pontuou ser “necessário um conjunto de ações para fazer o reaprimoramento da política de AF Estadual, seja por meio da criação de uma política própria para a área, da relação de medicamentos essenciais e principalmente da aproximação e articulação com os municípios, pois são eles que executam o SUS na ponta.”

Na sequência do evento, a mesa-redonda “Qualificação de aquisição de medicamentos como uma estratégia para otimização de recursos” trouxe um panorama do processo de aquisição pública de medicamentos, a importância da programação, modalidades de compras na prática e modelo de consórcios. Ela foi composta por Mônica Grochocki (consórcio Paraná Saúde); Daiana Fritzen (consórcio da Grande Porto Alegre); Ana Warpechowski (Tribunal de Contas do Estado) e Mariana da Costa, coordenadora da AF do município de Glorinha e integrante do GTT de Saúde Pública do CRF/RS, que mediou a atividade. Segundo Mariana, a atividade “tratou da qualificação do processo de aquisição, uma estratégia para otimizar recursos, apresentando propostas de compras através de consórcios, com as experiências dos consórcios Paraná Saúde e da Associação de Municípios da Região Metropolitana de Porto Alegre, além do Tribunal de Contas, que passou como é feita a fiscalização nos municípios a partir do processo de licitação, dando dicas de como os farmacêuticos podem aprimorar esse processo.”

Na quinta-feira, Ademir Rosa, diretor da Fundação Municipal de Saúde de Santa Rosa, ilustrou a experiência do município no controle e gerenciamento de medicamentos, e as farmacêuticas Istefani de Paula (pesquisadora da UFRGS) e Edyane Lopes apresentaram “Metodologia Lean - melhoria de processos de aquisição de medicamentos e insumos da assistência farmacêutica”. Conforme Ademir Rosa, a metodologia adotada em Santa Rosa deu muito certo pois visa enxergar o processo como um todo. “São contemplados todos os fluxos, desde recebimento, programação, armazenagem e, consequentemente, a distribuição nas unidades básicas e outros postos de atendimentos dentro do município.”

À tarde, o painel “Organização da assistência farmacêutica: da gestão logística à gestão do cuidado” contou com Letícia Miotto (AF de Estrela Velha); Mariza Leite (AF de São Lourenço); Leonel Almeida (AF de Porto Alegre); Débora Tauffer (GTT Saúde Pública CRF/RS e município de Passo Fundo) e as farmacêuticas Andreia Bartz e Viviane Durigon. Letícia Miotto explicou a estruturação da assistência farmacêutica em Estrela Velha. “Comentei o que mudou nestes nove anos em que trabalho na cidade, o que alteramos sobre o período de aquisições de medicamentos e o que mudamos na parte infraestrutural. Na gestão administrativa, também tivemos grande avanços, como a implantação do REMUME, e a contratação de outro farmacêutico para o município, que é pequeno. O Workshop foi uma grande iniciativa para podermos adquirir mais experiência, poder mostrar o nosso trabalho e ver no que podemos evoluir para melhorar ainda mais!”

A deputada estadual e farmacêutica Fran Somensi disse ser apaixonada pela profissão e garantiu ser uma alegria estar representando a AL/RS na ocasião. “Sou formada há 19 anos, e cada dia entendo mais a importância do farmacêutico na saúde pública, privada, na saúde das pessoas. Fico feliz também na condição de contribuir neste momento dentro do parlamento, de o Conselho ter um profissional, pois já estamos estreitando laços com o CRF/RS e trabalhando juntos. Assim poderemos fazer muito pela nossa profissão. É um momento de conquistar espaços, mostrando a qualificação e a diferença que o farmacêutico faz para a saúde.”

Presente nos dois dias do evento, a farmacêutica Patrícia Flores, representante de Três Forquilhas e Terra de Areia, que atua na Atenção Básica, valorizou o aspecto técnico do Workshop. “O relato dos colegas é muito positivo, a questão técnica está muito destacada. O peso dos participantes, a composição das mesas. O depoimento da secretária de Saúde nos deu muita motivação e esperança para que realmente se implante uma política de assistência farmacêutica que o Estado não tem, e que seria uma base para a gente nos municípios começar a desenvolver um trabalho fundamentado numa legislação mais eficaz. As informações sobre aquisição de medicamentos também foram muito válidas.”


Workshop debate implantação da assistência farmacêutica e traz anúncio importante para a área no Estado Workshop debate implantação da assistência farmacêutica e traz anúncio importante para a área no Estado Workshop debate implantação da assistência farmacêutica e traz anúncio importante para a área no Estado Workshop debate implantação da assistência farmacêutica e traz anúncio importante para a área no Estado Workshop debate implantação da assistência farmacêutica e traz anúncio importante para a área no Estado Workshop debate implantação da assistência farmacêutica e traz anúncio importante para a área no Estado




Encontrou algum erro ou conteúdo desatualizado em nosso site? - Clique AQUI e reporte para nossa área de qualidade.